Aqui você irá ler todas as newletters que assino na internet, muitas dicas para ganhar dinheiro, trabalhar em casa, vendas na web, cursos, tutorias, dicas para webmaster, criar sites, notícias, piadas, carreiras, profissões, humor e muito mais.

GANHE MASSA MUSCULAR

Animal Pak

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Newsletter Tecnoblog (7 notícias)

Newsletter Tecnoblog (7 notícias)

Link to Tecnoblog

Dê estrelas para notícias no Google News

Posted: 01 Feb 2010 06:25 PM PST

Nesta segunda-feira (1) o Google lançou uma nova funcionalidade para sua página de notícias, o Google News: passou a ser possível marcar com uma estrela um grupo de notícias sobre o mesmo tema para acompanha-las com maior facilidade, assim como já era possível fazer com outros produtos da empresa, como o Gmail e o Google Reader.

O Google afirma que, ao "estrelar" uma notícia no Google News, ele "saberá que você está interessado naquele assunto" (#MEDO) e assim, quando atualizações significativas surgirem, a manchete em questão será colocada em negrito, para chamar a atenção do leitor. Também foi criada uma seção "Starred", onde as 20 notícias "estreladas" mais recentes serão mostradas.

No momento da redação desse texto, o novo recurso ainda não se encontra disponível na página do Google News dedicada às notícias brasileiras.

Artigos relacionados:

Ações da Amazon caem 7% com o temor sobre e-books

Posted: 01 Feb 2010 04:44 PM PST

As ações da Amazon caíram despencaram 7% nesta segunda-feira perante o temor de que os preços dos seus e-books subam perante a pressão das editoras para aumentar suas margens — isso sem contar, é claro, a iminente concorrência da Apple.

Tudo começou no dia 27 de setembro, quando a Apple anunciou o iPad, e como parte dele, um aplicativo que lê e-books. Mais do que isso, a Apple também anunciou naquela quarta-feira que iniciaria as operações de uma loja online de e-books nos mesmos moldes das suas lojas de músicas e de aplicativos para iPhone/iPod Touch/iPad. Pelo notável sucesso que a iTunes Store e a App Store obtiveram, o mercado já ficou atento ao potencial da nova iBook Store — e ao dano que isso poderia causar ao intocado domínio do mercado de e-books que a Amazon por enquanto detém.

Apesar disso, ainda nenhum grande impacto havia sido sentido pela Amazon na prática. No domingo, porém, ela cedeu à pressão da editora Macmillian, que exigia que seus e-books fossem vendidos na faixa de preço variando de US$ 12,99 a US$ 14,99, de 30% a 50% acima do valor de US$ 9,99, pelo qual a Amazon tem vendido a maioria dos seus lançamentos e best-sellers. E isto foi o estopim da desconfiança do mercado, que, aliada à ameaça do iPad, derrubou em 7% as ações da Amazon nesta segunda-feira. O temor é de que o caso da Macmillian acabe levando as outras editoras a exigirem que seus preços também sejam reajustados, e isto, na visão dos investidores, seria prejudicial à Amazon.

É possível inferir — e que fique bem claro que aqui estamos entrando nos domínios do "achismo" — que isso tudo tenha sido causado por causa da nova iBook Store. A Macmillian foi uma das parceiras anunciadas pela Apple na nova loja, e o preço que ela exigiu da Amazon se encaixa perfeitamente na faixa de valores que se imagina que será praticada pela Apple, e talvez por isso a editora tenha insistido na atualização dos valores.

Artigos relacionados:

Pesquisa aponta que apenas 1% dos torrents são legais

Posted: 01 Feb 2010 11:13 AM PST

Um levantamento feito por um estudante chamado Sauhard Sahi na rede da universidade de Princeton mostra que apenas 10 dos 1021 arquivos que estavam sendo transferidos pelos graduandos não infligiam nenhum direito autoral. O estudo, realizado no segundo semestre de 2009, co-ordenado pelo professor Ed Felten e publicado no blog Freedem to Tinker monitorou apenas um tipo aleatório sem trackers do formato BitTorrent.

Os dados mostram que entre as dez torrents legais haviam duas distribuições do Linux, addons para jogos e programas em versões beta ou shareware. Já 46% eram filmes e programas de TV, 14% jogos e softwares, 14% pornografia, 1% e-books, 1% imagens e 14% não pode ser identificado. Os tão temidos downloads de músicas eram apenas 10% da soma. “Apenas um dos 145 arquivos pornográficos que estavam sendo baixados não era ilegal”, aponta o estudo.

Como lembra o Register, ao contrário dos outros formatos de troca P2P o formato BitTorrent não foi escrito especificadamente para facilitar a pirataria, mas sim como uma maneira de se transferir grandes arquivos pela web.

Artigos relacionados:

Adobe e Apple trocam farpas por conta do Flash

Posted: 01 Feb 2010 09:39 AM PST

Pornografia: "foi mal aí, mano"

Em protesto contra a falta de suporte ao formato Flash imposta pela Apple ao iPhone, iPod Touch e no futuro iPad, Lee Brimelow, evangelista da Adobe e proprietário do independente The Flash Blog criou polêmica ao postar neste final de semana como diversos sites ficam sem o plugin.

Entre páginas de notícias, jogos e variedades havia o screenshot de um site adulto, o que foi visto como um golpe baixo por alguns especialistas, que interpretaram que a companhia estaria indo longe demais em sua briga com a empresa da maçã. Estrago feito, não demorou para que Brimelow tirasse a imagem do ar junto de um pedido de desculpas.

"Primeiro, este não é um blog oficial da Adobe. Depois, eu me desculpo pela imagem que postei com a intenção de ser humorístico. Não é surpreendente que a Adobe não tenha achado graça e por isso a tirei do ar" escreveu.

Do outro lado, o site Mashable reporta que Steve Jobs não anda muito contente com a Adobe. Num recente evento informal dentro da empresa da maçã, o salvador executivo teria afirmado que "A Adobe é preguiçosa e o Flash é problemático. Toda vez que um Mac trava normalmente é por causa do Flash. Ninguém mais usará o Flash, o mundo irá para o HTML5″.

Artigos relacionados:

Galeria: Campus Party São Paulo 2010 – Parte 2

Posted: 01 Feb 2010 08:32 AM PST

Eu pretendia criar uma galeria diária aqui com as fotos do CParty, mas não consegui tempo. Além de tirar as fotos, é preciso tratar uma por uma e ainda colocar a marca d`água, o que toma mais tempo ainda.

Enfim, segue abaixo a segunda parte da galeria de fotos do Campus Party 2010 em São Paulo.

Artigos relacionados:

Steve Jobs aparece como personagem bíblico em revista

Posted: 01 Feb 2010 07:58 AM PST

Jesus Jobs: os fanboys da Apple já o veem dessa maneira há muito tempo.

A apresentação do iPad fez com que o semanário britânico The Economist colocasse o mais do que pop Steve Jobs vestido como um personagem bíblico em sua edição do dia 30 de janeiro.

Com o executivo devidamente trajado com um manto, auréola sobre a cabeça e com um iPad em suas mãos, em português sua manchete diz algo como "O livro de Jobs: Esperança, burburinho e o Apple iPad". Os editores da revista justificam a arte de sua capa por entenderem que Jobs é um "guia e salvador" da empresa que fundou. [CNN]

Artigos relacionados:

Google Sites e Docs abandonam suporte ao IE6

Posted: 01 Feb 2010 05:28 AM PST

O Google anunciou hoje que os serviços Google Docs e Google Sites deixarão de oferecer suporte ao navegador Internet Explorer 6, inimigo número um entre 11 a cada 10 desenvolvedores web e especialistas em segurança na rede.

Junto do clássico aviso que pede aos usuários que mantenham os programas de seu computador devidamente atualizados, a gigante da web afirma que a partir de agora os requisitos mínimos para usar os serviços serão os browsers IE7, Firefox 3, Chrome 4.0 ou Safari 3.0.

De acordo com dados da empresa NetApplications relativos ao último mês de dezembro, o IE 6 ainda é o segundo navegador mais utilizado no mundo, com 20,07% de audiência e logo atrás do líder IE8, que conta com 22,31%. Já o Firefox 3.5 está na terceira colocação, com 17,10% de audiência.

Essa não é a primeira vez que o Google abandona o suporte ao antigo programa da Microsoft em seus serviços. Desde agosto o Orkut exibe um aviso que pede aos usuários do decano IE6, lançado em 2001, que instalem um novo navegador em suas máquinas.

Artigos relacionados:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog

CARTÃO DE CRÉDITO GRATIS SEM CONSULTAS AO SPC E SERASA