Aqui você irá ler todas as newletters que assino na internet, muitas dicas para ganhar dinheiro, trabalhar em casa, vendas na web, cursos, tutorias, dicas para webmaster, criar sites, notícias, piadas, carreiras, profissões, humor e muito mais.

GANHE MASSA MUSCULAR

Animal Pak

terça-feira, 9 de março de 2010

Newsletter Tecnoblog (7 notícias)

Newsletter Tecnoblog (7 notícias)

Link to Tecnoblog

Stanford adverte: iPhone pode causar dependência

Posted: 08 Mar 2010 07:28 PM PST

Stanford adverte: iPhone pode causar dependência.

Uma nova pesquisa da Universidade de Stanford confirma o que seus usuários (ou suas namoradas) já estavam descobrindo por conta própria: o iPhone pode causar dependência em seus usuários. Quando pedidos para classificar sua dependência pelo aparelho em uma escala de um a cinco — sendo cinco "viciado" e um "nem um pouco viciado" — 10% reconheceram serem plenamente dependentes do aparelho e 34% se classificaram como um quatro na escala de dependência. Apenas 6% afirmaram não serem nem um pouco dependentes, e 32% destes se mostravam preocupados que poderiam ficar viciados algum dia.

A pesquisa foi realizada com 200 estudantes, sendo quem 70% deles tem o iPhone por menos de um ano. Ela descobriu que 85% usam o aparelho como seu relógio, 89% usam como seu despertador, 75% admitiram cair no sono com o iPhone em suas camas e 69% disseram que tinham maiores possibilidades de esquecer a carteira do que o iPhone ao sair pela manhã.

Também foi notada uma tendência de antropomorfizar o iPhone e tratá-lo diferentemente de outros eletrônicos. por exemplo, 3% dos estudantes dizem não deixar ninguém tocar seu iPhone, 3% deram um nome para o seu iPhone, 8% admitiram já ter pensado "meu iPod está com ciúmes de meu iPhone" e 9% admitem já terem feito carinho em seu iPhone.

Mesmo assim, os especialistas ainda não chegaram a um consenso se dependência de tecnologias como a Internet e aparelhos eletrônicos pode ser qualificada como um transtorno. A própria pesquisadora que conduziu a pesquisa diz que não acha que seja uma dependência nociva: "eu acho que eles realmente gostam de seus iPhones," disse ela. De fato, há benefícios: mais de 70% dos entrevistados disse que o iPhone os fez mais organizados, e 74% acreditam que o smartphone da Apple os tornou mais produtivos. Isso sem contar que o aparelho também levanta a auto-estima: 74% dos estudantes disse que o iPhone fez eles se sentirem "maneiros". [TechNewsDaily]

Artigos relacionados:

Operadoras são novamente impedidas de cobrar por ponto adicional de TV por assinatura

Posted: 08 Mar 2010 05:59 PM PST

Justiça proíbe cobrança de ponto adicional

Como resultado de uma ação pública movida pelo Procon de São Paulo, a 6ª Vara da Fazenda Pública de São Paulo concedeu uma liminar que determina que as operadoras de TV por assinatura não cobrem mais por pontos adicionais. Segundo a juíza responsável pelo caso, Cynthia Thomé, a "cobrança pela utilização do ponto extra afronta as normas regulamentares, assim como a norma legal".

"Também há de ser considerado que não há serviço permanente e contínuo referente ao ponto extra. Em conseqüência, a cobrança por um serviço não prestado caracteriza enriquecimento ilícito e prática abusiva", determinou a juíza.

Este último posicionamento vai de encontro aos subterfúgios utilizados por operadoras para cobrar por ponto adicional, colocando a cobrança "disfarçada" com nome de outro serviço que necessariamente teriam que ser contratos para se ter um ponto extra.

O que as operadoras ainda estão autorizadas a fazer é cobrar pela instalação do ponto extra e pela manutenção da rede e dos decodificadores (o que me faz pensar que elas darão um jeito de encaixar aí a cobrança). Caso as determinações da liminar não sejam cumpridas, será aplicada multa diária de R$ 30 mil. [PCWorld Brasil]

Artigos relacionados:

Assista o primeiro comercial oficial do iPad

Posted: 08 Mar 2010 03:46 PM PST

A toda-poderosa Apple preparou um comercial para mostrar seu novo gadget, o amado por uns e criticado por outros iPad. Com 30 segundos de duração, o filminho bacanudo foi ao ar durante a cerimônia do Oscar nos EUA e como grande novidade mostra mais detalhes do aparelhinho em ação. Confira:

Leia mais:

Falando em Oscar, o site CNet reporta que Steve Jobs esteve na cerimônia de entrega do prêmio acompanhando o pessoal da Pixar, que recebeu o prêmio de Melhor Animação com o filme Up!, que no Brasil recebeu o subtítulo “Altas Aventuras”.

Artigos relacionados:

Steam para Mac é oficialmente anunciado

Posted: 08 Mar 2010 01:44 PM PST

O Steam diz olá para o Mac. (Divulgação)

Depois de rumores e provocações, enfim a Valve anunciou oficialmente a chegada de sua plataforma Steam para Mac. Além de sua plataforma de venda e distribuição de games com toques de rede social, a Valve também afirmou que seus jogos também serão portados para o Mac (todos em versões nativas), incluindo sucessos como Half-Life 2, Counter-Strike, Left 4 Dead 2 e Team Fortress 2.

A integração com a versão para PC do Steam promete ser totalmente transparente. Quem já tiver comprado a versão para PC de um jogo da Valve (ou de seus parceiros que adotarem a mesma política) poderá baixar gratuitamente a versão para Mac. Além disso, o multiplayer online poderá ser jogado entre Macs e PCs nos mesmos servidores sem problema algum através da nova funcionalidade chamada Steam Play, segundo a Valve. E tem mais, combinando o Steam Play ao Steam Cloud, um gamer jogando no seu PC do trabalho (coisa feia! :P ) poderá chegar em casa, ligar seu Mac e continuar exatamente de onde parou.

O Steam para Mac e os respectivos jogos nativos para a plataforma serão distribuídos em Abril, e a Valve espera que outros desenvolvedores parceiros também lancem suas versões para Mac no mesmo prazo. O primeiro jogo da Valve que será lançado simultaneamente para Mac e PC será Portal 2, no fim do ano. O Mac está sendo considerado pela empresa uma "plataforma de prioridade 1", e portanto todos os novos jogos futuros serão lançados simultaneamente em suas versões para Mac, Xbox 360 e Windows, assim como os updates que serão liberados simultaneamente para Mac e PC.

"A inclusão do WebKit no Steam e da OpenGL na [engine] Source nos dá muita flexibilidade em como seguimos adiante com essas tecnologias," disse o diretor de desenvolvimento do Steam, John Cook. "Temos trabalhando com a Apple e as fornecedoras de GPUs para nos assegurarmos de tirar a maior vantagem de suas capacidades. […] A Apple tem sido uma grande parceira até aqui e esperamos que nosso relacionamento com ela cresça ao longo do tempo."

[AppleInsider: 1 e 2]

Artigos relacionados:

Tumblr recebe 1 bilhão de visitantes em fevereiro

Posted: 08 Mar 2010 01:13 PM PST

Última modinha entre os descolados da rede, o Tumblr é um meio termo entre o Twitter e os blogs comuns que está comemorando a marca de um bilhão de pageviews mensais, conquistados no último fevereiro.

De acordo com as informações divulgadas pelo site, durante o mês do carnaval seus 82 servidores foram responsáveis por transferir 500 terabytes de dados, suportaram bravamente dois milhões de postagens diárias e registraram 15 mil novos usuários por dia.

Apesar dos números relativamente modestos se comparados a outros fenômenos da web, o Mashable reporta que seus criadores pretendem aproveitar a popularidade crescente da página para fazer aquilo o que os criadores do hypado Twitter ainda não tiveram coragem de fazer: ganhar dinheiro.

Um screenshot obtido pelo site de notícias mostra um formulário de inscrição para uma suposta versão paga do serviço, que custaria módicos US$ 1 (mensais? anuais?) e que poderia incluir novas funcionalidades em sua ferramenta. O Tumblr, claro, não dá um pio (epa!) sobre o assunto.

Artigos relacionados:

Capitão Kirk lança sua própria rede social

Posted: 08 Mar 2010 12:13 PM PST

Há anos o capitão James T. Kirk ganha a vida interpretando o ator William Shatner

Reverenciado até os dias de hoje por conta de seu papel como o capitão James T. Kirk, do seriado Jornada nas Estrelas (de 1966) o ator William Shatner anunciou em seu Twitter na última quinta-feira a criação de sua própria rede social, convenientemente batizada de MyOuterSpace.com.

Ao contrário do habitual, a idéia do site não é juntar velhos amigos e trocar mensagens triviais, mas sim reunir uma série de artistas e talentos interessados em trabalhar de alguma maneira na indústria do entretenimento nerd.

No lugar de grupos ou comunidades existem Planetas, grandes subcategorias do show business (a saber: Designers e Animadores, Escritores e Diretores, Músicos e Compositores, Jogos e Desenvolvedores, Cinema e TV e Atores, atrizes e comediantes) e Naves, que são projetos criativos relacionados. Como se isso não fosse geek o bastante, os moderadores das Naves são chamados de Capitães e os administradores do site, de Conselho Interplanetário.

Uma vez admitido como membro de uma nave, o usuário estará comprometido a auxiliar na execução de um projeto, que pode ser um game, uma música ou um roteiro, por exemplo. Toda produção do site será supervisionada pelo Shatner em pessoa. [GeekoOSystem]

Artigos relacionados:

O dia do ApocaliPS3

Posted: 08 Mar 2010 08:17 AM PST

Crédito da imagem: Kotaku

A Sony às vezes parece o equivalente “videogueimico” do Michael Scott, personagem fictício da série The Office - assim que eles começam a se dar bem, alguma coisa dá errado e causa dano considerável nos esforços deles.

Um exemplo recente disso é o PSP Go!, que trazia duas coisas que os donos dos portáteis predecessores queriam há muito tempo – armazenamento embutido, e títulos disponíveis por distribuição digital. Se a expectativa dos geeks é um bom medidor de sucesso, o PSP Go! deveria ter vendido mais que pilhas num convento.

Entretanto, preços altos (tanto do console quanto dos jogos) e a falta da habilidade de baixar gratuitamente os jogos que você já comprou tornaram o novo portátil extremamente intragável. E o resultado é que o PSP Go! não passou de uma tentativa fracassada de relançar o console.

Volte a fita pra semana passada, dia 28 de fevereiro. Vi no twitter um colega reclamando de problemas no seu PS3 – subitamente, nenhum jogo carregava mais, ele não conseguia logar na PSN, e seus jogos baixados exibiam uma mensagem enigmática que sugeria que o jogo não tinha autorização válida pra ser rodado.

Depois, um outro amigo manda uma mensagem similar, com uma informação nova – todos os seus Trophies, que são “prêmios” colecionados pelos gamers que atingem certos objetivos secundários no jogo, sumiram.

Logo em breve um terceiro gamer, menos controlado, veicula sua reclamação com auxílio do caps lock e e com todos os impropérios que ele conseguiu enfiar em 140 caracteres.

A notícia se espalhou feito piolho numa classe de primário. Cada dono de PS3 lia os tweets, ligava seu próprio PS3 pra verificar se este também foi afetado, e se juntava em seguida ao coro “meu PS3 morreu, o que está acontecendo?”

Parecia que estávamos presenciando algum tipo de evento global. Finalmente, a Sony se pronuncia no seu twitter oficial:

We’re aware that many of you are having problems connecting to PSN, and yes, we’re looking into it. Stay tuned for updates.

A mensagem era acalentadora, mas confusa – o problema não era simplesmente conectar à PSN; consoles sem conexão a internet também foram afetados pelo problema. Vários jogos que sequer têm modo online também não rodavam mais.

De repente atentamos à coincidência da data fatídica – 28 de fevereiro. Programadores sabem que esta data é problemática, por causa dos anos bissextos que adicionam um dia ao calendário e costumam causar todo tipo de conflito em sistemas digitais.

Assim que começaram a sair notícias de que o PS3 havia resetado a própria data de volta a 1999, ficou evidente que estávamos lidando com um problema relacionado a datas conhecido como “leap year bug”, ou “bug do ano bissexto”. A boa notícia é que embora algumas consequências do bug às vezes sejam mais duradoras (alguns Trophies aparentemente se perderam pra sempre, por exemplo), ele vai embora por si só no dia seguinte.

A Sony não é a única a cometer esse descuido – no ano passado um problema similar paralisou Zunes por um dia -, mas isso levanta dúvidas sobre a competência do sistema online deles. Já sofri uma vez com o aparente despreparo da Sony a lidar com segurança de contas da PSN, e embora seja apressado condena-los inteiramente por causa desse bug, isso nos faz pensar – quando é que a Sony pisará na bola de novo, e quais serão as consequências da próxima vez.

Artigos relacionados:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog

CARTÃO DE CRÉDITO GRATIS SEM CONSULTAS AO SPC E SERASA